Oficina 2

 A temática ecológica nas Histórias em Quadrinhos

Ministrante: Márcio dos Santos Rodrigues – Mestre em História pela UFMG, na linha “História e Culturas Políticas” (2011) e membro efetivo da Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial (ASPAS)

Email: marcio.strodrigues@gmail.com

Ementa:
Nas últimas três décadas, as histórias em quadrinhos têm acompanhado uma tendência verificada em outros produtos culturais: apresentar e discutir temas ecológicos. A oficina tem como objetivo discutir a vinculação dos Quadrinhos com a temática ambiental, considerando-os como uma prática sociocultural, uma forma de traduzir experiências de vida e percepções sobre temas caros ao social. Como material representativo, selecionamos alguns títulos elaborados a partir da década de 1980, de diferentes tradições quadrinísticas.

Objetivos:
Tratar acerca do modo como alguns quadrinistas levantaram polêmicas a respeito das complexas relações entre homem e a natureza.

Contribuir para o universo da pesquisa e da construção do conhecimento no campo da História Ambiental que lida com representações política.

Identificar e analisar os principais temas, as diferentes finalidades a que se prestam e as peculiaridades construtivas e de recepção.

Estudar a relação do homem como o mundo natural, de modo a contribuir para uma maior conscientização a respeito dos problemas ecológicos.

Metodologia:

1o dia – dia 23 de maio:

– Discutindo a relação da cultura da mídia com temas ecológicos

– As histórias em quadrinhos e a questão ecológica: representações e práticas culturais

Apresentação e análise de alguns quadrinhos através de projeção de datashow.

2o  dia – dia 24 de maio:

Análise de fontes/leitura documental:  Os alunos farão um trabalho de leitura crítica de alguns quadrinhos, de modo a interpretar a relação que as obras estabelecem com temas ecológicos.

Carga horária: 4 horas (2 horas em cada dia)

Recursos necessários:

 Sala, datashow com PowerPoint em PC com leitor de DVD e som

público-alvo:

Professores e alunos de diferentes faixas etárias e níveis de ensino

Bibliografia:

ANSART, Pierre. Ideologia, Conflito e Poder. Rio de Janeiro, Zahar, 1978.

BACZKO, Bronislaw. Imaginação social. In: Enciclopédia Einaudi. Vol. 5: Anthropos/Homem. Lisboa: Imprensa Nacional/ Casa da Moeda, 1985. p. 296-332.

BARKER, Martin. Comics: Ideology, power and the critics (Cultural Politics) Manchester. England: Manchester University Press.1989.

CASTORIADIS, Cornelius; COHN-BENDIT, Daniel. Da ecologia a autonomia. São Paulo: Brasiliense, 1981.

CIRNE, Moacy. Uma introdução política aos quadrinhos. Rio de Janeiro: Angra/Achiamé, 1982.

CRONON, Willian (ed). Uncommon Ground – rethinking the human place in nature. New York: 1996.

DIEGUES, Antônio Carlos. O mito moderno da natureza intocada. São Paulo: Hucitec, 1996.

DRUMMOND, José Augusto. A História Ambiental e o choque das civilizações. In: Ambiente e Sociedade, Ano III, n5, 2ª Semestre, 1999.

_______________________. A história ambiental, temas, fontes e linhas de pesquisa. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v.4,n.8, 1991, pp. 177-197.

ECO, Umberto. Apocalípticos e integrados. São Paulo: Perspectiva, 2008.

EISNER, Will. Narrativas Gráficas. São Paulo: Devir, 2005.

____________. Quadrinhos e Arte Seqüencial. São Paulo, Martins Fontes, 1989.

GROENSTEEN, Thierry. Systéme de la bande dessinée. Paris: Presses Universitaries de Frances, 2006.

____________________. “Why are Comics still in search of Cultural Legitimation?”. HERR, Jeet; WORCESTER, Kent. A comics studies reader. Jackson: University Press of Mississippi, c2009. p. 3-11.

DUARTE, Regina Horta. História e natureza. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

KELLNER, Douglas. A Cultura da Mídia. Estudos Culturais: identidade e política entre o moderno e o pós-moderno. Bauru: EDUSC, 2001.

RÉMOND, René. Por uma história política. Rio de Janeiro: FGV, 1996.

THOMAS, Keith. O homem e o mundo natural: mudanças de atitude em relação às plantas e aos animais (1500-1800). São Paulo: Cia. das Letras, 1996.

WILLIAMS, Raymond. O campo e a cidade na história e na literatura. São Paulo: Cia das Letras, 1989.

WORSTER, Donald. Nature’s economy – a history of ecological ideas. 2nd edition. Cambridge: Cambridge University Press, 1994.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s